CADA UM SEGUE O SEU PRÓPRIO CAMINHO

2016-02-18

… só tivemos que agarrar o simples conjunto de instrumentos espirituais posto à nossa disposição.  

ALCOÓLICOS ANÓNIMOS, pág. 19

A minha primeira tentativa para fazer os Passos teve um carácter de obrigação e de necessidade, que resultou num profundo sentimento de desalento perante todos aqueles advérbios: corajosamente, completamente, humildemente, directamente e somente. Eu considerava Bill W. uma pessoa com sorte por ter tido uma grande e sensacional experiência espiritual. À medida que o tempo foi passando, tive de descobrir que o meu percurso era o meu próprio. Depois de umas quantas vinte e quatro horas em AA e, especialmente graças às partilhas dos membros nas reuniões, compreendi que cada um encontra a pouco e pouco o seu próprio ritmo para praticar os Passos. Por um processo gradual, procuro viver de acordo com estes princípios sugeridos. Como resultado destes Passos, hoje posso dizer que a minha atitude em relação à vida, às pessoas e a qualquer coisa que tenha a ver com Deus, está mudada e melhorada.

© Copyright, 1990, Reflexões Diárias, traduzido e reproduzido com autorização de Alcoholics Anonymous World Services, Inc.

Receba no seu email a nossa Reflexão Diária