ACEITAÇÃO

2016-09-19

Admitimos que não podíamos vencer o álcool com os recursos que nos restavam, por isso aceitámos o facto de que a dependência de um Poder Superior (mesmo que fosse apenas o nosso grupo de AA) podia realizar esta tarefa, até agora impossível. No momento em que conseguimos aceitar completamente estes factos, começou a nossa libertação da compulsão pelo álcool.

NA OPINIÃO DE BILL, pág. 109

A liberdade só me veio com a aceitação de que eu podia entregar a minha vida aos cuidados do meu Poder Superior, que eu chamo Deus. A serenidade infiltrou-se no caos da minha vida quando aceitei que o que me estava a acontecer era a própria vida, e que Deus me ajudaria nas minhas dificuldades – assim como em muito mais. Desde então Ele tem-me ajudado em todas as minhas dificuldades! Sempre que aceito as situações como são e não como eu gostaria que fossem, começo a crescer e a ter serenidade e paz de espírito.

© Copyright, 1990, Reflexões Diárias, traduzido e reproduzido com autorização de Alcoholics Anonymous World Services, Inc.

Receba no seu email a nossa Reflexão Diária